Samsung lançará esta semana a versão reparada do polêmico Galaxy Note 7

A Samsung Electronics anunciou hoje (03) que vai lançar em 7 de julho na Coréia do Sul uma versão redesenhada de seu Galaxy Note 7, que teve de ser lembrada por casos repetidos de fogo. O dispositivo remodelado, batizado de Galaxy Note 7 Fan Edition, que será lançado 400 mil unidades serão vendidas a um preço em torno de US$ 600, como disse a companhia em um comunicado.

A marca teve que suspender a produção e venda do Galaxy Note 7 (o primeiro caso deste tipo na história da telefonia móvel) devido a casos repetidos do dispositivo entrar em combustão por causa de sua bateria.

O fiasco da estrela “phablet” da Samsung lhe rendeu a empresa um prejuízo operacional de cerca de 6,1 trilhões de wons (4,8 milhões de euros).

O novo modelo do Galaxy Note é equipado com uma bateria com uma capacidade menor do que o modelo original (a tentativa de alcançar uma bateria que tem muito longa duração minimizando o tamanho máximo foi uma das causas do terminal de incêndios). Um software totalmente atualizado também integra o Galaxy Note 7 Fan Edition.

Após a retirada do “phablet” no ano passado, a empresa recebeu inúmeros pedidos de grupos ambientalistas para reparar os 4,3 milhões de dispositivos Galaxy Note que foram produzidos. Finalmente, a Samsung se comprometeu em março passado a reciclar modelos defeituosos e vendê-los novamente.

você pode gostar também Mais do autor