Dois em cada cinco usuários irão trocar seus iPhones pela última versão do aparelho

O iPhone 8 é o mais recente aparelho da Apple

Os aparelhos da Apple estão cada vez mais dividindo opiniões, tanto em relação o seu preço quanto seu benefício quanto produto. Será que ainda vale a pena adquirir um iPhone por 1.000 dólares? Existem especulações de acordo com pesquisa feita no mercado de vendas da empresa de que até o final desde trimestre, metade de todas as vendas de iPhone serão do iPhone 8.

A empresa Fluent, que realizou a pesquisa com mais de 2.000 consumidores nos Estados Unidos, concluiu que o público possui um perfil bastante heterogêneo quando o assunto é iPhone mais antigo, em comparação a compra de um novo.

De acordo com a pesquisa, aproximadamente 680 pessoas representadas, 40 por cento delas comprariam um iPhone 8, ou seja apenas dezoito por cento, uma estimativa já feita pela Barclays. Vale ressaltar também que os aparelhos da Apple possuem um vida útil bastante longa, sendo os aparelhos mais resistentes no mercado atualmente. Veja dados da pesquisa abaixo:

  • 47 por cento dos proprietários do iPhone compraram pelo menos quatro deles
  • 70 por cento não se preocuparão em pensar sobre a concorrência
  • 79 por cento planejam obter um iPhone como sua próxima aquisição
    • A taxa típica para usuários do Android é de 31%
    • Samsung toca os gráficos em 63%

Ainda assim 67 por cento dos usuários pensam que um iPhone que custa mil dólares ainda é muito caro. De acordo com esses números o iPhone 7s e 7s Plus ainda trarão bons resultados para empresa. O iPhone 8 deverá conduzir o preço médio de venda de um iPhone. Os anilistas estão observando o comportamento das vendas da Apple e com isso, a empresa pode manter-se equilibrada nesse setor.

você pode gostar também Mais do autor