Entenda o que é o Sarahah, app de mensagens anônimas

Se você anda bem informado das novas “tendências” dos jovens, com certeza deve ter ouvido falar sobre o Sarahah. Esse é o mais novo aplicativo de envio e recebimento de mensagens anônimas. Até o momento o aplicativo tem mais de 11 milhões de usuários.

O app foi criado por um saudita. O termo “Sarahah”, que dá nome à ferramenta, signifca em árabe “fraqueza” e “honestidade”. Com ele apenas o dono da conta pode ler os comentários deixados. É possível, também, bloquear, favoritar e denunciar textos recebidos. Uma vez que um usuário se registre, ele pode dar o link para seus amigos ou publicá-lo online. Qualquer pessoa com esse link pode enviar mensagens anônimas. O destinatário não tem como saber quem postou a mensagem ou respondeu de qualquer maneira.

Sarahah costumava existir como um site criado pelo desenvolvedor saudita Zain al-Abidin Tawfiq. Tinha um propósito muito simples – permitiu que os funcionários publicassem comentários anônimos aos seus empregadores. Ele deu uma voz àqueles que tinham algo a dizer, mas nunca falaram com medo de que pudessem ser demitidos.

Mais tarde, Tawfiq pensou que esse conceito poderia se aplicar em um nível pessoal também, com amigos e conhecidos anonimamente dando feedback uns aos outros. Essa parte do site é o que realmente o tornou popular no Oriente Médio e na África. No entanto, um pouco mais era necessário para decolar no Ocidente.

O aplicativo não permite que o usuário resposta às mensagens. A ideia dos donos do Sarahah é fazer com que o usuário receba um feedback através dos comentários deixados. Para alguns, o fato de não poder reponder é algo falho no aplicativo, que está disponível para Android e iOS. Há, também, uma versão disponível para ser acessada na web, que tem uma versão básica se comparada às de aparelhos celulares.

O sucesso do Sarahah tem sido grande nos últimos dias. O site Sensacionalista chegou a fazer um para o presidente Temer. O resultado, é claro, não deixou de ser engraçado.

+ Leia mais notícias sobre aplicativos aqui no Dicas Cel.

você pode gostar também Mais do autor