Apple não aceita lei que deixa o conserto do iPhone mais barato

Uma nova lei nos Estados Unidos iria facilitar muito a vida de empresas que consertam iPhones, porém a Apple não aceita e é totalmente contra a famosa lei titulada como e “right to repair”. Essa novidade iria fazer com que os consertos dos aparelhos ficassem mais baratas.

Um representante da Apple acabou entrando em contato e marcando uma reunião com a senadora Lydia Brasch, do Nebraska. Entre um dos assuntos discutidos está a negação da empresa com essa lei, caso ela não seja excluída a Apple não iria apoiar a atitude.

O grande motivo para que a Apple não aceite essa novidade é a falta de segurança, isso porque ao fornecer acesso sobre o hardware de seus aparelhos poderia comprometer a segurança dos seus usuários.

você pode gostar também Mais do autor